Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

 (Van Gogh´s landscape)

E das palavras do inspirado presidente Obama dirigidas aos alunos na abertura do ano escolar (tão parecidas com as de quem nos tutela...), lembradas amavelmente (no comentário ao meu post anterior), pela minha amiga Teresa (descobrirafelicidade.blogs.sapo.pt/).

Muito poucos o diriam melhor:

"Por isso hoje quero perguntar-vos qual é o contributo que pretendem fazer. Quais são os problemas que tencionam resolver? Que descobertas pretendem fazer? Quando daqui a 20 ou a 50 ou a 100 anos um presidente vier aqui falar, que vai dizer que vocês fizeram pelo vosso país?

As vossas famílias, os vossos professores e eu estamos a fazer tudo o que podemos para assegurar que vocês têm a educação de que precisam para responder a estas perguntas. Estou a trabalhar duramente para equipar as vossas salas de aulas e pagar os vossos livros, o vosso equipamento e os computadores de que vocês precisam para estudar. E por isso espero que trabalhem a sério este ano, que se esforcem o mais possível em tudo o que fizerem. Espero grandes coisas de todos vocês. Não nos desapontem. Não desapontem as vossas famílias e o vosso país. Façam-nos sentir orgulho em vocês. Tenho a certeza que são capazes."

Obrigada Teresa por me/nos ajudar a começar com energia renovada este novo ano escolar!

 

Nota: E da da energia positiva da Laurinda Alves no Jornal "i"

 www.ionline.pt/conteudo/23068-verbos-dificeis-conjugar



publicado por Marta M às 00:41
Olá, Marta!
Estou bem feliz por poder dar continuidade às minhas visitas ao seu Blogue!
Dar continuidade à sua acção pedagógica, junto dos seus discipulos, é um dos dons mais lindos que um Ser Humano pode ter dentro de si, e a Marta sabe-o exercer!
Um beijinho para si e muita Força!
Marcolino
Marcolino Duarte Osorio a 15 de Setembro de 2009 às 11:34

Marcolino:
Seja muito bem vindo!
Finalmente dá notícias e, sendo notícias boas como são, fico ainda mais contente.
Já o havia visto lá pelo "i" e sabia-o bem e animado.
Por aqui continuo, este ano um pouco longe de casa e com estrada a fazer diariamente - mas que se há de fazer? Há colegas em situações muito piores.
Quanto â minha acção pedagógica e ao gosto que coloco na minha "missão" (é-me difícil chamar-lhe profissão , nem sei bem porquê...) de professora, enfim, faço o melhor que sei -sempre.
Se não é ideal ou o absolutamente acertado em cada momento, pelo menos quem me conhece sabe que, naquele momento, dei o que tinha de melhor e o que considerei mais acertado.
As inúmeras mensagens que me chegaram esta semana de ex-alunos e até pais, enchem-me de esperança que estarei no bom caminho ;)
Isso me tranquiliza.
Abraço e não desapareça muito, promete?
Marta
Marta M a 15 de Setembro de 2009 às 12:21

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
18
19

20
21
22
24
25

27
28
30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO