Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

 

Venho agora do cinema, actividade que adoro e considero um luxo poder usufruir. Passei por uma experiência tão marcante que não resisto a partilhar.

O filme é para além de mágico.

Elogiado pela crítica ( é constatar as 5 estrelas atribuídas pelos nossos críticos mais severos..) e entusiasticamente aclamado em Cannes, UP  encanta quem o visiona.

Da gargalhada às lágrimas, do espanto ao enternecimento profundo que permanece em nós. Tudo se experimenta em pouco mais de 90m, em 3D, numa sala perto de mim e de si (caro amigo/a), também.

O filme é profundo e  faz pensar,  interpela-nos muito para além do desenho animado que,  à primeira vista parece ser. Sim parece, porque UP - Altamente (o título aportuguesado apenas pretende ser apelativo) sendo um  espectáculo apto para todas as idades, é um filme adulto, inspirado e com uma mensagem madura e de renovação espiritual. De esperança em toda a linha.

A ideia fantástica de um idoso, o Sr.Carl Fredricksen, que "levanta" no ar, por meio de balões, a sua velha casa e redefine com esse iniciativa todo o nosso (e seu) conceito de aventura, procurando  cumprir o sonho de uma vida, emociona-nos até às lágrimas. Ao rumar a sul com um hospede indesejado, mas que o desafia em toda a linha, tanta honrar o seu sonho e o da sua falecida mulher, com quem sempre sonhara uma viagem de aventura e exploração ao estilo dos anos 50, à "Cascata do Paraíso" algures  na América do Sul...

O filme tem de tudo, do acompanhamento das cenas em suaves melodias ao piano, às cores e efeitos digitais, à originalidade do tema, tudo concorre para uma elegância narrativa como há algum tempo não se via em desenhos animados - considero que o medo de construir um filme menos "comercial" e apelativo, impede os produtores, inúmeras vezes, de aprofundar certos valores e sentimentos.

Este filme contraria toda esta lógica e vence! Os estúdios da PIXAR e os realizadores do filme, não tiveram medo de ser "sensíveis" até onde consideraram  ajustado à narrativa em causa. Contornaram, com inteligência e mestria, o lado mais apelativo  que costuma infestar todas as fitas feitas em série e conseguem levar-nos à reflexão sem perder o entusiasmo pelo espírito aventureiro que também exploram.

Contrariando o espírito comercial mais óbvio,  o riso ou o choro fácil, este filme mostra, explica e dá tempo para se saborear cada momento.

Aconselho aos amigos  que tirem um tempo para  desfrutar desta experiência enriquecedora e deste luxo visual.

E, notem bem, sem atrasos, que os primeiros 10m são de antologia...

Bom filme!

;)

 



publicado por Marta M às 01:05
Olá Marta!
Vou parar durante uns tempos. Vou ter que fazer este interregno por motivos da minha saúde. Procurarei ser breve no meu regresso. Quando..., não sei!
Não deixe de escrever, tem garra!
Um beijinho de Amizade do
Marcolino
Marcolino Duarte Osorio a 2 de Setembro de 2009 às 10:06

Marcolino:
Já lhe disse e repito, é um gosto tê-lo por aqui. Vamos sentir saudades dos seus comentários e das suas crónicas no blog, durante algum tempo.
Penso falar em nome de muitos dos que frequentam este e outros espaços da blogosfera , quando desejo que tudo lhe corra de feição e que rapidamente volte à sua "tribo" ;)
Só lhe peço que, de vez em quando e durante o tempo que durar a sua convaslescencia, vá deixando notícias no seu blog ou onde entender.
Como já lhe lembrei as palavras de Saint Exupery:
"Somos reponsáveis por aqueles que cativamos".
Aguardamos então boas notícias :
Abraço.
Marta M a 2 de Setembro de 2009 às 22:16

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
18
19
20
21

23
24
25
27
29

30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO