Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

GOSTA

"Gosta das pessoas. Gosta de cada pessoa. Das suas almas. E se não gostares de alguém, se achares que esse alguém tem muitos defeitos, eu te desafio a encontrares as suas qualidades. Eu te desafio e a encontrares a alma dessa pessoa.(...)"

 

Recebo estas mensagens semanais através de uma newsletter deste site e, algumas vezes, o que leio ou escuto, surpreende.

Esta semana a mensagem, cujas partes de maior substância subscrevo hoje, era sobre essa  possibilidade de gostar da "alma" das pessoas...Não delas, não dos seus hábitos ou do seu "personagem social", mas daquilo que é o seu núcleo e o melhor delas...

Do seu eu verdadeiro, do seu potencial, sem os artifícios, sem inseguranças - nossas e delas.

Esta proposta leva-nos longe, rompe com os nossos esquemas mentais e custa-nos aceitar, não é?

Conseguiremos mesmo gostar de alguém que nos irrita? Cujos hábitos, ou conversa nos agasta e não subscrevemos minimamente?

Será que sou capaz de deixar os outros serem inteiros perante mim sem os julgar?

Sem os intimidar ao ponto de recorrerem ao personagem?

Difícil...Por enquanto, prefiro aceitar a outra proposta: "te desafio a encontrares as suas qualidades."

Isso já me parece humanamente possível, porque é um exercício que fazemos na escola, todos os dias com os nossos alunos, onde o nosso olhar há de fazer sentir a estes jovens, mesmo os que estão notoriamente "perdidos", que esperamos sempre o melhor deles...

E na maioria das vezes, felizmente, eles correspondem.

Encerro com mais esta citação:

"Conversem, como amigos, sobre os vossos pontos de vista e façam alianças pessoais em que ambos ganhem. Nas quais ambos se vejam a ganhar. Não há alma que não queira a harmonia. Não há alma que não queira o amor. Não há."

Pois não, digo eu, mesmo aquelas que não sabem como lá chegar...

 



publicado por Marta M às 21:20
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO