Sábado, 22 de Agosto de 2009

 

(http://marcolinosorio.blogspot.com/)

 

Um dia, uma pequena abertura apareceu num casulo.
    "Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, observando como ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então, parecia que ela havia parado de fazer progressos. Pareceu-lhe que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais.
O homem decidiu ajudar a borboleta: pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho, era pequeno e tinha asas amassadas. O homem continuou a observá-la, porque esperava que, a qualquer momento, as suas asas  se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar a tempo. Nada aconteceu!
Na verdade, a borboleta passou o resto de sua vida rastejando com um corpo murcho e as asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, com sua gentileza e vontade de ajudar não compreendera, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo pelo qual Deus /a Natureza (?) permitia  que o fluído do corpo da borboleta impregnasse as suas asas, fortalecendo-as, de forma que ela estaria pronta para voar, uma vez que estivesse livre do casulo. Tudo a seu tempo.
Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida."
 Talvez (e hoje escrevo-o, num tempo de desalento) se a vida nos permitisse caminhar sem tantos obstáculos, ficaríamos incapacitados para ela, aleijados...
Nós não seríamos tão fortes como poderíamos ter sido.
Nós nunca conseguiríamos voar...
Acredito nesta filosofia, mas acrescento que, ainda que nos façam mais fortes, existem coisas e situações em que o "processo" de fortalecimento, quase nos incapacita...e torna-se difícil usar mais tarde a lição aprendida.
 
Nota: Como já referi, adoro arco-íris - têm o poder de regenerar-me. Este foi fotografado e enviado para mim por um amigo. Agradeço-lhe muito, principalmente hoje. A mãe natureza é sábia...Tem razão Marcolino.


publicado por Marta M às 18:58
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
18
19
20
21

23
24
25
27
29

30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO