Quinta-feira, 29 de Abril de 2010
 
El Biblioburro!
Fazer acontecer sempre foi uma daquelas máximas em que acredito. E pratico.
Nem sempre resulta, mas o sentimento de ter tentado e dado o meu contributo para além do coro de diagnósticos habitual, faz-me sentir útil.
Inspirador - é a palavra que me ocorre para descrever este professor.
Principalmente num tempo em que se encontram desculpas para todos e para tudo, este professor não se conformou e, mãos à obra, fez acontecer  o seu sonho.
A forma artesanal ( e caricata) como trabalha e desenvolve a sua iniciativa apenas reforça a ideia de que, quando queremos mesmo, esquecemos (?) os "impossíveis", a obra nasce, avança e nada parece ser obstáculo.
O universo parece mesmo conspirar a seu favor, não é?
Mesmo olhando para as condições de armazenagem dos livros ( e a original forma de os catalogar e localizar!) e constatando o meio de transporte, as mesas de leitura, para a precariedade...Não nos ocorre ter pena daquelas crianças.
Ao contrário, percebemos a sorte que tiveram porque alguém, um professor no caso, os coloca em contacto com o maravilhoso mundo dos livros e com todo o imenso mar de possibilidades que isso encerra...
Um livro cheio de pó, mesmo amontoado, transportado num burro em condições impensáveis, mesmo lido no chão de terra batida, mantém intacto todo o seu potencial de aventuras, de saber e de descoberta nas mais diferentes áreas...
E tem o poder impagável de elevar aquelas crianças, resgatando-as para uma proposta de vida diferente, onde possam aprender mais e evoluir, tendo a possibilidade de construir um futuro melhor para elas, para as suas famílias, para a sua aldeia e quem sabe, para o seu país.
Este "maestro" tem a vontade e a capacidade de inspirar aquelas crianças e...a nós.
Adoro divulgar bons exemplos ;)
Regeneram a minha fé na humanidade.
 
 
Nota Importante: Este vídeo chegou a mim enviado pela minha querida Madrinha (e também professora) em um daqueles seus emails que me conseguem fazer pensar ou sorrir, mesmo em dias cinzentos e ocupados. Agradeço-lhe muito por isso e penso que ela o sabe, apesar da minha demora na retribuição. ;)
Proposta da minha amiga Teresa, esta notícia "redentora" nas suas palavras:


publicado por Marta M às 22:26
Marta
Tenho por hábito, depois de jantar e ler um pouco, vir até ao computador, por volta desta hora, e dar uma vista de olhos nas notícias e eventuais novos posts que tenham surgido dos meus amigos. Assim o fiz hoje: Li o teu post e depois fui ver as notícias. Não tinha pensado comentar já porque gosto, geralmente, de digerir o que leio, mas não posso deixar de o fazer neste momento: É que, logo a seguir a este exemplo luminoso, li no i (http://www.ionline.pt/conteudo/57487-a-escola-da-esperanca) mais uma exemplar lição de vida. São, de facto, exemplos como estes que iluminam os nossos dias cinzentos e fazem acreditar que é possível, sim, "fazer acontecer". O ânimo que dão é imenso e, como disse à Joana no seu último post também ilustrativo de outro exemplo redentor, se nos debruçássemos mais sobre este lado bonito das nossas vidas haveria como que um efeito bola de neve que as tornaria cada vez mais solarengas e acolhedoras. Uma inspiração, de facto, o que aqui relatas. Levou-me para uma outra esfera e nem sequer preciso ir dormir já, para sonhar com um mundo em que o aparentemente impossível acontece. Porque acontece na realidade e nela os nossos corações também podem voar. Obrigada Marta por mais este contributo. Um abraço de boa noite.
descobrirafelicidade a 29 de Abril de 2010 às 23:55

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO