Quinta-feira, 01 de Setembro de 2011

Sim, eu sei, chegamos.

Nem sempre no tempo que determinámos, que queremos..Mas no tempo certo.

Sem pressas, nem dramas.

Faz-me sentido esta frase nesta semana em que, pela primeira vez em anos, não sei ainda para que escola vou...

Sim, faço parte dos 38.000 que aguardam.

Sei que ficarei colocada nos próximos tempos, a minha graduação profissional permite-me estar mais ou menos serena e confiante, mas custa-me este compasso e esta espera num tempo em que as escolas já mexem...

Sei que me aguardam numa escola por aí...  Sei que os meninos que precisam de mim, que contam comigo - já me estão destinados.

A seu tempo pego na minha pasta, no meu carrinho, no meu saber, na minha profunda dedicação a esta profissão e ponho-me a caminho de lá...

Aonde já me esperam :)



publicado por Marta M às 14:53
Sexta-feira, 01 de Julho de 2011

Hoje foi dia de matrículas na escola. Sinónimo de papeis, alunos e pais com pouco tempo e muita papelada para preencher.

Eles e nós.

Saí cedo de casa, mais porque o depósito do meu velho carrinho, atestado quase sempre com mínimos, estava com o aspecto que se aprecia na imagem.

Claro que havia fila, mas enfim, também sol e notícias apelativas na rádio. Fui o terceiro carro da minha fila e aguardei a minha vez com boa cara- que remédio.

Na fila ao meu lado duas carrinhas de trabalho aguardavam, parecendo igualmente conformadas.

Pois, conformadas demais para o terceiro carro, um mini-morris que, perante a demora do arranque do primeiro carro, ultrapassa os dois pela direita e, com a agilidade de movimentos que um carrinho desses permite, encaixa o carro, ignora  as insistentes e furiosas buzinadelas e dispõe-se a atestar...

Nesse momento um dos ocupantes dos carros ultrapassados sai do carro e, à distância, protesta - esbracejando.

Resposta da condutora do Mini?

Esta: -"Que querem? Mexam-se, mexam-se! Porque eu tinha espaço e avancei..Já que ninguém parece querer meter!" 

E continuou:"E tenho que trabalhar!!"

Sem se incomodar, a jovem, que tinha uma cadeirinha de bebé vazia no carro, continuou descaradamente a abastecer o carro encima dos seus pouco mais de 50kg e da sua altura pouco impressionante.

Claro que se instalou a confusão e a troca de impropérios crescia.

Eu que estava a menos de 3m dela a abastecer o meu carro em fila paralela, pois devo ter feito uma cara de espanto tal que, do nada, encara-me desafiadora: - "Qual é o problema?!!"

Muitos, demasiados, pensei eu...Mas não lhe respondi.

Apenas abanei a cabeça em sinal de reprovação e nada me ocorreu de substância ou validade, tal foi a minha surpresa...

Às vezes ficamos sem palavras perante a grosseria. A mim acontece-me imenso. Infelizmente.

Não sei como se resolveu a questão, era tarde e o meu pré-pagamento efectuado na bomba abreviou a minha permanência por ali...

Mas no caminho da escola fui dando comigo a pensar que as aulas de Formação Cívica leccionadas nas escolas deveriam ser mais numerosas e insistentes.

E que deveriam ser extensivas a alguns pais. Obrigatoriamente. {#emotions_dlg.sidemouth}



publicado por Marta M às 22:46
Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO