Quinta-feira, 11 de Julho de 2013

Queridos amigos:

Volto hoje, apesar de estar numa época de reserva e recolhimento, porque estou a tentar crescer...

E crescer, leva energias, concentração e ...tempo.

Volto hoje, apenas para celebrar a Luz da Alice.

E porque lhe prometi que o faria no meu blog.

A vós todos, quero que saibam que continuam no meu coração e que,

cá em casa, tudo está um pouco melhor :)

Alice

Conheci a Alice há mais ou menos 3 anos.

Estava numa consulta de rotina com a minha filha e ela, voluntária do IPO passou por nós, atarefada e atenta, duas, três vezes...

E eu vi-a.

Comentei com a minha filha que aquela senhora tinha um luz forte e uma energia que se parecia poder tocar... A sala de consultas iluminava-se com o seu sorriso e passagem. E tratava-se alguém muito magra e com a ausência de cabelo que denunciava que, para além de voluntária, estávamos em presença de alguém que estava a meio de um tratamento de quimioterapia...

Sim, o seu corpo estava fragilizado, mas a sua alma estava resplandecente e a sua boa-vontade e ânimos contagiavam.

Não consegui resistir e disse para a minha filha que "tinha" que falar com ela, apesar dos seus rogos em contrário, fui.

Claro que fui recebida com um sorriso e com uma simpatia que nunca esqueci.

Não me enganara, a forma como a Alice falou, o entusiasmo e sabedoria do que disse e a sua disponibilidade serena para aceitar o que a vida lhe enviara - foi uma lição que nunca esqueci. Soubera da doença numa consulta ali mesmo, sozinha, e guardara-a para si durante mais de 24h porque.. era o dia do seu aniversário e não queria estragar a festa que a família preparara, nem entristecer o seu marido...

E contou-me como aguentou todas aquelas horas que pareciam não ter fim até que, todos atendidos e acarinhados, se foram embora para casa e ela pôde ficar sozinha...Com a sua circunstância e diagnóstico.

Nessa noite não dormiu e passou-a na varanda a pensar, a "pesar"...

E resolveu que havia de resistir e lutar - fosse como fosse.

Não era o fim do mundo - E não foi.

E haveria de dar um sentido a tudo o que lhe caia em cima

Partilhou tudo isto comigo, sem me conhecer e abriu-me a alma. E  eu abri-lhe a minha.

O tratamento era duro e exigente e ela a tudo correspondia e aceitava. Em paz. E sorrindo, pelo que vi e me contam.

Mas não era um riso alienado, ou de fuga..Era um sorriso sereno e cheio de vida, luminoso - porque sabia que, se essa provação viera à sua vida, era por alguma razão... E a razão foi "abrir-se", "dar-se".

Abriu-se aos outros, aos que sofriam como ela e resolveu partilhar, generosamente, as poucas energias que às vezes sobravam dos dias de tratamento.

Desde essa altura, e apenas com alguns intervalos em que a saúde não lhe permitia, tornou-se voluntária no IPO.

Hoje reencontrei-a e, papeis invertidos, reconheci-a pelo olhar, novamente, na sala de espera.

Mais cansada e mais magra, mas o mesmo sorriso e a mesma disponibilidade. E a mesma aceitação hoje, iniciado novo ciclo de quimioterapia....

Reconheceu-me e, rodeada de amigas, e fez questão de se levantar para me abraçar. Não faltavam braços para a acarinhar e  amparar, como se a vida lhe devolvesse o tanto que dá de si aos outros.

Agradeci-lhe tanto...

Foi por ela que estava ali, foi pelo seu exemplo que me tornara, também eu, mais disponível. E mais atenta.

A Alice é corajosa e lúcida, todos os que trabalham com ela o reafirmam.

E sublinham algo que se percebe à distância: é luminosa e inspiradora.

Concordo e agradeço este luxo que é poder partilhar e ser inspirada por alguém assim,que nos acrescenta, nos interpela e levanta a fasquia da qualidade para todos nós.

Obrigada de coração Alice.

Força, que estamos todos aqui a torcer por si! {#emotions_dlg.orangeflower}

:)



publicado por Marta M às 19:18
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

Sempre fui muito independente e voluntariosa.

Ou tive que me fazer assim...

O certo é que existem momentos que nos testam forte e feio e temos que os saber "encaixar". Temos que, humildemente, perceber que existem coisas maiores que nós, e que temos que "aceitar" o ritmo e o  trânsito a que surgem.

Este é um destes momentos. 

Queira ou não, fui "obrigada" literalmente a enfrentar certos fantasmas que há muito me rodeavam...

Fui obrigada (ou obriguei-me perante a necessidade) a enfrentá-los e nesse exercício forçado, ultrapassado a dureza do momento - cresci.

E encontrei uma estranha paz de espírito e de consciência.

Estranho, estranho e misterioso.

Não posso e não devo ser mais explícita, embora gostasse...

Posso apenas afiançar que, às vezes, deixar-nos levar e confiar é muito mais pacificador. E acertado.

Mas não menos trabalhoso ou exigente, sublinhe-se.

Obrigada a todos os que mostram solidariedade,

o meu pai melhora todos os dias.

E eu também.

:)


publicado por Marta M às 16:29
Segunda-feira, 12 de Março de 2012

(Em branco)

Esta tela em branco está aberta - à espera das cores que a vida a vai pintar - a espera dos resultados...

Fiz a minha parte. Aguardo.

Junto aqui este livro, A Profecia Celestina, que teve um grande impacto na minha vida e foi uma peça fundamental para a contínua construção (tentativa?) da filosofia de uma não- alinhada como eu...

Alguém que gosta de colher, de aprender, mas que tenta nunca fechar (ou ainda não chegou lá..) a amplitude da perspectiva...

Porque ando a repetir coisas para mim, no sentido de que a redundância que uso nas minhas aulas, faça eco permanente e definitivo em mim...

Deixo-as aqui também:

-Livre-se do apego a um único resultado;

- Deixe o mistério desenredar-se;
- Permaneça aberto.
 
 
 
Nota vital: Tem sido muito difícil praticar...
 


publicado por Marta M às 20:00
Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO