Quinta-feira, 11 de Julho de 2013

Queridos amigos:

Volto hoje, apesar de estar numa época de reserva e recolhimento, porque estou a tentar crescer...

E crescer, leva energias, concentração e ...tempo.

Volto hoje, apenas para celebrar a Luz da Alice.

E porque lhe prometi que o faria no meu blog.

A vós todos, quero que saibam que continuam no meu coração e que,

cá em casa, tudo está um pouco melhor :)

Alice

Conheci a Alice há mais ou menos 3 anos.

Estava numa consulta de rotina com a minha filha e ela, voluntária do IPO passou por nós, atarefada e atenta, duas, três vezes...

E eu vi-a.

Comentei com a minha filha que aquela senhora tinha um luz forte e uma energia que se parecia poder tocar... A sala de consultas iluminava-se com o seu sorriso e passagem. E tratava-se alguém muito magra e com a ausência de cabelo que denunciava que, para além de voluntária, estávamos em presença de alguém que estava a meio de um tratamento de quimioterapia...

Sim, o seu corpo estava fragilizado, mas a sua alma estava resplandecente e a sua boa-vontade e ânimos contagiavam.

Não consegui resistir e disse para a minha filha que "tinha" que falar com ela, apesar dos seus rogos em contrário, fui.

Claro que fui recebida com um sorriso e com uma simpatia que nunca esqueci.

Não me enganara, a forma como a Alice falou, o entusiasmo e sabedoria do que disse e a sua disponibilidade serena para aceitar o que a vida lhe enviara - foi uma lição que nunca esqueci. Soubera da doença numa consulta ali mesmo, sozinha, e guardara-a para si durante mais de 24h porque.. era o dia do seu aniversário e não queria estragar a festa que a família preparara, nem entristecer o seu marido...

E contou-me como aguentou todas aquelas horas que pareciam não ter fim até que, todos atendidos e acarinhados, se foram embora para casa e ela pôde ficar sozinha...Com a sua circunstância e diagnóstico.

Nessa noite não dormiu e passou-a na varanda a pensar, a "pesar"...

E resolveu que havia de resistir e lutar - fosse como fosse.

Não era o fim do mundo - E não foi.

E haveria de dar um sentido a tudo o que lhe caia em cima

Partilhou tudo isto comigo, sem me conhecer e abriu-me a alma. E  eu abri-lhe a minha.

O tratamento era duro e exigente e ela a tudo correspondia e aceitava. Em paz. E sorrindo, pelo que vi e me contam.

Mas não era um riso alienado, ou de fuga..Era um sorriso sereno e cheio de vida, luminoso - porque sabia que, se essa provação viera à sua vida, era por alguma razão... E a razão foi "abrir-se", "dar-se".

Abriu-se aos outros, aos que sofriam como ela e resolveu partilhar, generosamente, as poucas energias que às vezes sobravam dos dias de tratamento.

Desde essa altura, e apenas com alguns intervalos em que a saúde não lhe permitia, tornou-se voluntária no IPO.

Hoje reencontrei-a e, papeis invertidos, reconheci-a pelo olhar, novamente, na sala de espera.

Mais cansada e mais magra, mas o mesmo sorriso e a mesma disponibilidade. E a mesma aceitação hoje, iniciado novo ciclo de quimioterapia....

Reconheceu-me e, rodeada de amigas, e fez questão de se levantar para me abraçar. Não faltavam braços para a acarinhar e  amparar, como se a vida lhe devolvesse o tanto que dá de si aos outros.

Agradeci-lhe tanto...

Foi por ela que estava ali, foi pelo seu exemplo que me tornara, também eu, mais disponível. E mais atenta.

A Alice é corajosa e lúcida, todos os que trabalham com ela o reafirmam.

E sublinham algo que se percebe à distância: é luminosa e inspiradora.

Concordo e agradeço este luxo que é poder partilhar e ser inspirada por alguém assim,que nos acrescenta, nos interpela e levanta a fasquia da qualidade para todos nós.

Obrigada de coração Alice.

Força, que estamos todos aqui a torcer por si! {#emotions_dlg.orangeflower}

:)



publicado por Marta M às 19:18
Existem, felizmente, muitas pessoas com essa luz da Alice. Uma estrela as iluminou para que sejam as estrelas mais junto a nós
golimix a 11 de Julho de 2013 às 19:42

Sim amiga, existem. E fazem -nos tão bem pelo seu exemplo neste tempo tão escasso deles, não é?
Obrigada por voltares por aqui :)
Não tem sido fácil, mas a tudo o coração se adapta e estamos apostados em que tudo se há de encaixar :)
Abraço que, espero, te encontre bem.
Marta M
Marta M a 11 de Julho de 2013 às 19:47

golimix a 12 de Julho de 2013 às 11:22

Olá amiga. Obrigada por voltar por aqui :)
A Alice é alguém com uma luz que se sente e se vê.
E teria motivos e justificações para não ser assim, mas resiste e mostra que é sempre possível fazer mais e melhor, seja como for.
Uma inspiração para mim e levou-me a este caminho de voluntariado há algum tempo e que procuro servir o melhor que sei.
Espero que esteja tudo bem contigo.
Por aqui vamos encaixando, devagar, mas vamos :)
Abraço grande
Marta M
Marta M a 23 de Julho de 2013 às 22:13

Marta
Deixo apenas um beijinho. Agora vou trabalha, mas entretanto passarei para saber novidades.
momentosdisparatados a 11 de Julho de 2013 às 21:37

Olá. obrigada pelo teu tempo e disponibilidade que sei é escassa..
Sim, as notícias são poucas e o meu caminho tem sido de mais trabalho e mais reflexão...
Espero que esteja tudo bem na tua vida. Por aqui vou fazendo o melhor que sei e posso :)
Abraço grato
Marta M
Marta M a 23 de Julho de 2013 às 22:15

Felizmente cruzam-se no nosso caminho pessoas com tanta luz e energia que são colocadas no nosso caminho para nos ensinar sempre algo.
Alice mostrou que a fé e um sorriso derrubam barreiras e fazem por vezes com que as nossas dores sejam facilmente suportáveis.
Um testemunho comovente que só tu com o esse teu coração enorme e sensível partilhaste.
Desejo do fundo do coração que a Alice vença esta batalha e continue a distribuir sorrisos.

Beijos Marta
sentaqui a 12 de Julho de 2013 às 23:06

Amiga:
A Alice é puro sentimento, pura fé e pura força.
Como referi, só lhe dei visibilidade e fiz-lhe alguma justiça...
Um exemplo de luz e integridade perante tantos outros negativos.
Escrevo e partilho porque conheço a sensibilidade de quem me lê.
E o coração generoso dos meus amigos :)
Obrigada pela tua visita amiga
Marta M
Marta M a 23 de Julho de 2013 às 22:19

Felizmente que há pessoas grandiosas como a Alice. O mundo seria bem melhor se houvessem muitas mais.
Como é possível conseguirem dar aos outros tanto apenas com um sorriso e ainda mais quando também elas precisam de "colo"?
Que Deus ajude a Alice a poder continuar a iluminar muitas mais vidas.
Joana a 31 de Julho de 2013 às 19:48

Ola marta,como estão mãe e filha?
Beijinhos
luadoceu a 26 de Setembro de 2013 às 14:46

Marta, passo para deixar um beijinho e desejar que tudo esteja bem
momentosdisparatados a 21 de Outubro de 2013 às 09:51

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO