Domingo, 28 de Abril de 2013

Um tempo para recolher e um tempo para curar e autocurar-se.

Assim estamos.

A minha filha melhora todos os dias e os zumbidos perderam intensidade e acústica, incomodando muito menos, portanto.

Não têm sido fácil, mais numa idade em que se quer começar a vida e ela se torna num transito mais pesado...com obstáculos difíceis de ignorar.

Mas a minha filha tem fibra, alma e fundo e está disposta a lutar - a ultrapassar esta situação.

E a crescer e a superar-se a partir dela, sublinhe-se com orgulho.

Os tratamentos continuam, as expectativas do médico são encorajadoras, existem muitos casos de cura que nos animam e, devo destacar: As ajudas, as boas pessoas com as palavras certas e os conselhos produtivos têm sido uma constante.

Nada é em vão e nada é por acaso,

comprovamo-lo todos os dias.


publicado por Marta M às 12:16
Todos temos um "timing", um tempo de crescimento.
Cada um tem o seu, muito particular.
Namastê
Viktor a 22 de Maio de 2014 às 16:44

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29
30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO