Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

Querida L.

Sabes que hoje é o teu dia...E poderia dizer-te aqui tantas coisas, tantos conselhos (sim, já sabes como sou...)

E sabes que não me faltaria a palavra, nem a argumentação.

Mas hoje, só hoje, vou falar.te do tanto que significas para nós e do tanto que acreditamos em ti e no teu potêncial.

O dia em que tu nasceste e fui a Lisboa conhecer-te foi especial por tantas razões...

Já há algum tempo que na família não tínhamos bebés e a tua mamã surpreendeu-nos contigo :)

Eu a tua mamã somos muito diferentes em inúmeros aspectos, mas o carinho que temos uma pela outra é intocável e, sendo ela minha irmã, tu imediatamente foste, também, minha filha.

Lembras quantas vezes telefonava à mamã e perguntava pela minha filha?

E sabes, querida L., que nunca antes os olhos da tua mãe e o seu rosto me pareceram tão bonitos como no dia em que entrei naquela enfermaria da Alfredo da Costa, acompanhada pela tua  madrinha? Respladecente  - é a palavra que melhor ilustra a recordação mais bonita que tenho da minha irmã.

Nunca esquecerei esse dia, nem todas as vezes que te via chegar da varanda e corrias escada acima para mim, para te aninhares nos meus braços...

Nem como durante anos, contávamos até 5 em 3 línguas (que foste aprendendo comigo e na escola...) antes de que conseguíssemos desligar o telefone...

Ou de como sorrias continuamente.

Por isso, como diz o poeta, "não há longe, nem distância", nem vidas, nem ocupações, que diminuam o espaço que existe dentro do meu coração para ti.

Sabes que não sou muito de festas, nem de muitos programas ou passeios..Mas se tu ou a T., ou a mamã, precisassem de mim, até me metia num avião de longo curso (!!) para vos apoiar.

E sabes o que isso significa para mim, não sabes?

Pena que não exista uma máquina do tempo e nos pudesse levar agora, do alto dos teus quinze anos, e pudesses ver (e sentir) o imenso amor com que a família te acolheu a partir desse dia.

E isso também acarreta responsabilidades para ti...

Ok, hoje não - fica para outro dia... ;)

Por hoje, recebe apenas este amor imenso de todos cá de casa.

E, como me prometeste: Faz sempre boas escolhas.



publicado por Marta M às 17:02
Muitos parabéns Marta à sobrinha e uma vida linda de felicidade e sucesso e muita saúde e pais e restante família que vejam com igual saúde e alegria. Amiga achei que devia avisar vou de vez abandonar os meus blogues no entanto o livrinho de Natal já está encomendado e já esrou à espera que venham assim que me chegar às mãos envio-lho e agradeço de coração toda a amizade, simpatia e correcção que sempre teve para mim. Não deixarei de a comentar quando passar alguma vez por aqui a ver "as novidades" coisa de que não sou muito capaz uma vez que o que os outros fazem na verdade não me interessa (nunca andei a vasculhar blogs de outros como me fazem) mas enfim... Virei ver os amigos bons. Um beijinho muito grande e um abraço apertado.
Fátima Soares a 23 de Novembro de 2011 às 18:02

Fátima:
Já sabe que respeito as suas razões.
Gostaria, como já lhe disse,que reconsiderasse nunca abandonar a escrita, porque ela faz mesmo parte de si...
Agradeço sempre as suas visitas e os seus comentários.
Abraço e bom feriado
Marta M
Marta M a 1 de Dezembro de 2011 às 16:33

Marta
Que lindo
Então que seja a contiuação de um dia muito feliz, para a sobrinha e para a tia
O amor nao ocupa lugar, nem tempo, nem distancia nao e Marta?
Um gdre beijinho,muitas alegrias e boas surpresas
Obrigada pela partilha e tudo de bom...............Parabens
luadoceu a 23 de Novembro de 2011 às 18:38

Sim Lua, o amor verdadeiro não conhece distâncias...Ao contrário, às vezes até se acentua.
Obrigada pela tua presença sempre simpática.
Beijinhos à tua menina
Marta M
Marta M a 1 de Dezembro de 2011 às 16:35

Marta, lindo esse sentimento que tens pela tua sobrinha e irmã. Gosto das boas relações. Parabéns à L.
Beijinho
miilay
miilay a 23 de Novembro de 2011 às 18:52

SIm Miilay adoro a minha sobrinha :)
Não a vejo diariamente,mas isso não muda, nem diminui o sentimento que tenho, ao contrário, não o desgasta.
Aumenta-o, pelas saudades.
Não sei se as nossas relações são as ideais,mas acredito que são genuínas :)
Abraço grato pela tua visita
Marta M
Marta M a 2 de Dezembro de 2011 às 17:17

Bonita homenagem para a tua sobrinha, minha amiga...
Parabéns para ela e para ti, pela união familiar.
Rosinda
Rosinda a 23 de Novembro de 2011 às 21:59

Rosinda;
Como já referia união não sendo diária, é constante.
E dentro do coração que isso é o que mais conta,não é?
Confesso que até as prefiro assim :))
Abraço grato
Marta M
Marta M a 2 de Dezembro de 2011 às 17:20

Gosto desse olhar sensívelsobre as pessoas e sobre as situações
que tens
beijo p ti e p ela
César
César a 24 de Novembro de 2011 às 11:14

Meu amiga:
Já tinha saudades tuas, embora saiba que andas por aqui caladinho...Mas a acompanhar-me.
Eu sei e agradeço-o
Vou mandar-te mail hoje.
Beijinhos e obrigada :))
Marta
Marta M a 2 de Dezembro de 2011 às 17:33

Tu és um dooooooooooooooooooooce MARTA. Beijos
henrique doria a 24 de Novembro de 2011 às 19:21

Não sou nada ;)
Faço apenas o melhor que sei e,muito de vez em quando, lá acerto...
Como toda a gente.
Abraço grato pela visita
Marta M
Marta M a 2 de Dezembro de 2011 às 17:36

Beijinho Marta há quanto não passava, mas não estás esquecida no meu coração.
Gostei de ler esta bela prosa dedicada auma menina na flor da idade.
Beijinho grande.

rosafogo
natalia nuno
rosafogo a 29 de Novembro de 2011 às 22:22

Olá Natália:
Bom vê-la novamente por aqui :)
Fui ao seu cantinho,mas não tenho notado actualizações..
Tubo consigo?
Abraço e bom fim de semana
Marta M
Marta M a 2 de Dezembro de 2011 às 17:38

A vida tem destas coisas, neste dia, que já passou, houve alegria e o grande amor que partilhas e sentes pela tua sobrinha, às duas desejo o melhor, no post anterior a tristeza de uma partida inesperada.
E neste vaivém de mágoas e contentamento existe a diversidade de uma vida, dos eternos desafios que ela te coloca e que faz de ti uma mulher cada vez mais forte em que as emoções são sempre pautadas pelo equilíbrio de quem sabe gerir muito bem cada momento.

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 3 de Dezembro de 2011 às 18:28

A cumplicidade é um sentimento fantástico. Está espelhado nas palavras. É bom, quando sabe bem DAR e também RECEBER.
Mais palavras para quê?
Parabéns
DyDa/Flordeliz a 8 de Dezembro de 2011 às 02:05

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO