Quinta-feira, 01 de Setembro de 2011

Sim, eu sei, chegamos.

Nem sempre no tempo que determinámos, que queremos..Mas no tempo certo.

Sem pressas, nem dramas.

Faz-me sentido esta frase nesta semana em que, pela primeira vez em anos, não sei ainda para que escola vou...

Sim, faço parte dos 38.000 que aguardam.

Sei que ficarei colocada nos próximos tempos, a minha graduação profissional permite-me estar mais ou menos serena e confiante, mas custa-me este compasso e esta espera num tempo em que as escolas já mexem...

Sei que me aguardam numa escola por aí...  Sei que os meninos que precisam de mim, que contam comigo - já me estão destinados.

A seu tempo pego na minha pasta, no meu carrinho, no meu saber, na minha profunda dedicação a esta profissão e ponho-me a caminho de lá...

Aonde já me esperam :)



publicado por Marta M às 14:53
Olá Marta! Nem sei que diga do seu post só uma pessoa bonita por dentro e com uma cabeça estruturadíssima e uma capacidade enorme de ser uma mulher de fibra poderia fazer um post assim numa altura destas em que tudo se repete e nestas alturas é sempre mais do mesmo esteja o governo que estiver. Minha amiga só lhe desejo a si e a todos nas mesmas circunstâncias muita sorte o que por vezes e infelizmente não quer dizer assim tanto. Mas sinceramente que tenha colocação e a mesma não seja para o Algarve ou para a China que já só falta. Cada professor acumula milhas como um jacto da Tap o que dizer? Nada! um grande beijinho e tudo a correr o melhor que possa correr, Boa resto desemana
Fátima Soares a 1 de Setembro de 2011 às 15:40

Obrigada Fátima.
Não é fácil, nunca é...Mais quando há uns bons anos não me acontecia.
Mas já me aconteceu no passado e sempre se resolveu, mais cedo ou mais tarde, e acredite-me, em todas as escolas a passagem foi muito satisfatória.
Por isso confio e aguardo, com calma que só os anos e a experiência são capazes de nos dar.
:)
Abraço grato e bom fim de semana
Marta M
Marta M a 3 de Setembro de 2011 às 15:49

Que bom amiga
Tudo ha de chegar a bom porto n é?
Pelo menos aguardar ja e bom n e?
Beijinhos
luadoceu a 1 de Setembro de 2011 às 15:58

Sim Lua.
Aguardo com uma expectativa positiva :)
Obrigada pela tua preocupação :)
Abraço
Marta M
Marta M a 3 de Setembro de 2011 às 19:40

Venero essa serenidade e confiança. Quem me dera... só que também não posso deixar de sentir um aperto por alguém com anos de carreira e com a dedicação que tem viver constantemente esta espera ignóbil.
Desejo fortemente que a espera seja breve, que em poucas horas esteja junto dos meninos que a esperam...
Desejo que um dia a vida deixe de ser injusta e possa logo no dia 1 de Setembro estar no seu lugar, na sua escola, a preparar a chegada dos seus meninos... ser a Marta a esperar por eles e não o contrário!
Beijinhos grandes
raio-de-luar a 1 de Setembro de 2011 às 16:35

Colega :)
Muitos anos já fui colocada em Setembro e esperei por eles..Mas agora entendem que nós, professores,somos dispensáveis e que podemos esperar que o sistema estique e aguente sem nós o mais possível...
Nós que nos preparamos para esta profissão sabemos que não é assim e que, no fim das contas , quem paga a factura são os alunos pelo pouco apoio recebido.
Tudo somado, perdemos nós e o país.
Aguardo na lista por colocar que infelizmente uns e outros vamos conhecendo.
A tua vez também chega..Levei muitos anos assim, entendo-te.
Abraço e boa sorte também
Marta M
Marta M a 3 de Setembro de 2011 às 19:44

O que dizer...
Admiro a sua determinação e empenho. Desejo que não seja longa a espera e que em breve esteja a fazer o que gosta.
Um beijinho grande
Rosinda
Rosinda a 1 de Setembro de 2011 às 20:36

Rosinda:
Tem que ser assim. Na verdade nada disto é absolutamente novo na minha vida...
Durante muitos anos não conseguia colocação em Agosto, depois foram anos melhores..Mas eu sempre soube que, estando a contrato, estou sempre sujeita a que me aconteça isto.
A mim e a muitos outros...
No fim, estou numa lista com boa graduação, hão-de chamar-me:)
Aguardo embalada pela vossa amizade e solidariedade tão bonita
Abraço
Marta M
Marta M a 3 de Setembro de 2011 às 19:47

Olá Marta
Mais uma espera em que obrigatoriamente e com algum desconforto se anseia pelo que tens direito.
A tua postura é sensata e revela já um nível de aceitação de louvar.
Tudo tem o seu tempo e tu sabes, talvez o universo esteja a escolher o melhor para ti para que possas colocar ao serviço de quem precisa todas as boas qualidades de mulher e professora.
Espero que bem depressa te ponhas a caminho, rumo a um futuro que te permita dar o melhor e o teu melhor.
Tudo de bom para ti amiga.
Beijinhos
sentaqui a 1 de Setembro de 2011 às 21:36

Entendes-me, não é?
Sim, procuro estar serena e aguardar que o sistema faça como até aqui e me convoque a partir da lista da DGHRE . Assim tem sido ao longo de anos, e apesar de este ano a situação estar um pouco pior, penso que a minha elevada graduação há de pesar...
E depois amiga, realmente, a vida faz planos para nós. Sabes (sabemos isso) e por isso, fazemos a nossa parte da luta e..aguardamos..E confiamos.
No fundo, é colocar em prática as aprendizagens que os anos (e as pancadas) nos foram trazendo.
E combater o medo, como dizia Jesus :)
Abraço expectante e grato
Marta M
Marta M a 3 de Setembro de 2011 às 19:56

Marta, gostei do que li. Mostra a serenidade que uma professora deve ter, pois durante a nossa vida a leccionar, passámos por situações que nos exigem essa, maturidade. No entanto passados já tantos ano a trabalhar era bom que esta fase da colocação já estivesse definida.
Enfim...
Aguardemos com confiança.
Um abraço
miilay
miilay a 1 de Setembro de 2011 às 23:36

Miilay :
Sim, sei que entendes.
A maturidade e a serenidade é condição desta profissão..Porque sem elas, não se aguenta, não te parece?
A instabilidade faz parte da minha condição pessoal.
Concorro a horários não mais distantes que 70Km da minha casa e a zona centro está muito saturada..E mesmo assim, 70Km já são demais para mim.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Miilay : <BR>Sim, sei que entendes. <BR>A maturidade e a serenidade é condição desta profissão..Porque sem elas, não se aguenta, não te parece? <BR>A instabilidade faz parte da minha condição pessoal. <BR>Concorro a horários não mais distantes que 70Km da minha casa e a zona centro está muito saturada..E mesmo assim, 70Km já são demais para mim. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Aguardooshorários</A> que ainda estão para distribuir e nunca fiquei por colocar :) <BR>Tenho fé. <BR>Abraço <BR>Marta M
Marta M a 6 de Setembro de 2011 às 15:50

Não será uma vida fácil , essa de nunca se ter a certeza onde vai ficar.
Mas acredito que o facto de gostar do que faz facilita aceitar essa incerteza. Beijinho
geriatriaaminhavida a 3 de Setembro de 2011 às 00:53

Sim facilita.
Muitas condicionantes não me permitiram estabilizar até aqui e, parece-me,que ninguém mais irá vincular tão cedo à função pública neste pais.
Então,resulta daí continuar contratada ad-eternun.
Não me tenho dado mal e sempre trabalhei e este ano não será diferente -acredito.
Abraço e obrigada pela visita animadora
Marta M
Marta M a 6 de Setembro de 2011 às 17:02

Querida Marta
Mesmo com essa disponibillidade, não posso deixar de estar solidária para com tantos que todos os anos aguardam... sabe-se lá para quantos Kilómetros de distancia...
Para ti... um beijinho de força, de admiração e de carinho
...os meninos e meninas que te aguardam mesmo sem saber, vão ter benefícios enormes.
Um abraço bem apertado, Marta... sem muitas palavras agora
Comoveram-me profundamente as tuas palavras.
Sempre,
Isabel
Isabel Maia Jácome a 3 de Setembro de 2011 às 14:08

Isabel
Claro que compreendes esta minha resiliência, já percebi que a partilhas na tua profissão e na tua grande disponibilidade para os outros e para os desafios que a vida continuamente nos coloca.
Provavelmente para testar as nossas aprendizagens ;)
Abraço grato pela visita e espero que a tua mãe esteja melhor.
Marta M
Marta M a 6 de Setembro de 2011 às 19:38

Amiga Marta,

Confesso que fiquei um pouco de queixo caído quando te li... Que essa tua força e serenidade tragam frutos positivos, e tenho a máxima certeza que que os meninos que se cruzarem contigo, no fim, ficarão muito mais ricos. A maneira como falas deles, a preocupação e o amor que tens ao ensino, fazem-me ter a certeza disso!

Beijo grande
Caminhando... a 3 de Setembro de 2011 às 15:07

Eu sei Joana...Mas tem que ser assim: Há que integrar o bom e o mau..Se não, de que nos vale tudo o que vamos aprendendo a duras penas?
Abraço grato pela tua visita
Marta M
Marta M a 6 de Setembro de 2011 às 23:16

Olá Marta!
Então, minha querida Amiga, como nasceu esta fugaz distração?!
Olhe, não há que esmorecer, quando estamos cientes de que chegamos sempre, onde nos esperam, para beberem os ensinamentos que somos portadores, que lhes saciarão a sede dos seus intelectos, desabrochando em plena evolução...!
Um beijinho de grande amizade :)
Marcolino
Marcolino a 4 de Setembro de 2011 às 21:47

Pois meus amigo este intervalo na minha profissão nasceu destes cortes cegos na saúde e na educação..
Normalmente, poupanças irracionais nestes dois domínios, pagam-se muito caro.
Aguardo ;)
Abraço grato pela solidariedade :)
Marta M
Marta M a 8 de Setembro de 2011 às 22:51

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO