Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

Pois, já faz um ano que escrevi este  post e agora tenho que voltar a fazê-lo...

Nada de novo para o meu coração, nada de novo na minha vida.

O meu coração já se habituou a expandir, a expandir e a criar espaço para os acolher nesses grandes grupos que entram todos os anos na minha vida.

E depois de todos instalados, depois de perceber quem é e o que precisa cada um...Pois chega o dia de partirem e de os entregar novamente à vida.

Sou professora contratada pelo Ministério da Educação, o quer dizer que apesar de ter sempre trabalho anualmente, nunca fico na mesma escola -concorro às colocações cíclicas. E, olhando para o cenário do nosso país, acredito que me reformarei nessa condição...

Mas isso não me preocupa em demasia, havendo trabalho e  alunos para acolher e ensinar, podendo exercer a minha profissão de forma digna, já tenho muito.

Assim foi também neste ano, com tristeza e saudades lá me despedi deles. Lá lhes lembrei, mais uma vez sorrindo,  que podem e devem fazer boas escolhas... Mas depois, alguns olham de forma mais atenta e demorada, devolvem o meu olhar de carinho e, olhos húmidos, não se querem igualmente despedir e eu perco a força, desarmo, e os abraços começam e não se querem desfazer.

E o mais engraçado e compensador é verificar que, aqueles que foram os mais irreverentes, aqueles a quem exigi mais, aqueles a quem ralhei - e, até, coloquei para fora da sala de aula - pois são exactamente esses cujo olhar mais custa a desviar e a dizer "até qualquer dia".

A eles e a mim.

Até a minha turma de alunos PIEF (12 alunos de etnia cigana e dois bebés incluídos na sala) que me deu das maiores dores de cabeça dos últimos 10 anos de profissão (falarei deles com detalhe oportunamente), sim até eles mostraram emoção e tenho a certeza que aprendemos muito uns com os outros durante este ano lectivo.

Na última semana, multipliquei-me em atenções e conversas mais ou menos individualizadas com todos aqueles que, percebi, careciam de um conselho mais assertivo ou maternal. Sim, não queria ser surpreendida como já fui por uma aluna que estava a passar por um verdadeiro drama em casa e só muito mais tarde me apercebi disso...

Agora são as avaliações com a ponderação e rigor que isso implica - nunca confundo estas vertentes e sou sempre exigente neste domínio. Eles bem sabem.

É com esse trabalho que me ocupo nos próximos dias...Mas, dos olhinhos deles, das sua vozes - já tenho saudades.

E a escola está tão silenciosa... :(



publicado por Marta M às 22:20
Olá Marta! Adorei este post está maravilhoso, sentido, cheio de ternura e de beleza de uma professora/mãe de todos estes meninos.... "E foram os mais irreverentes aqueles a quem exigiu mais..." São quase sempre esses, que se "disfarçam" mas que no fundo são os que mais se tocam e onde a mensagem chega inteirinha. è linda esta forma de amar o que se faz e de nos darmos por inteiro aos outros muito bonito Marta Deus a abençoe e lhe dê força para mudar muito carácter e fazer a diferença na vida de muitos deles. Um beijinho e obrigada pela visita, obrigada por ser quem é. Feliz fsemana !
Fátima Soares a 24 de Junho de 2011 às 00:05

Fátima:
Faço-o de coração e com todos por igual...
E faço-o tão naturalmente como respiro. Faz parte de mim, entende?
Partilho-o porque, nesta altura, invade-me sempre esta nostalgia...
Enfim, já me vou habituando :)
Obrigada por compreender.
Bom fim de semana :)
Abraço
Marta M
Marta M a 1 de Julho de 2011 às 23:31

Bom dia Senhora Professora!
Que bom poder olhar assim com essa ternura os seus discipulos!
Que bom poder ter saudades deles todos, e todos eles de si!
Que bom olhar, em particular e no global, as suas progressões e dizer-nos: Seus bons aproveitamentos, são Obra Minha...!
Que bom ainda podermos ler, testemunhos serenos, e responsáveis, de quem ainda ensina, ao vivo e a cores, nossos filhotes e os nossos netinhos!
Não virá longe, o dia, em que os professores serão Monitores de Computadores, onde todos lerão o que há para aprender, armazenado num grande Servidor porque não haverá lugar para ensinar, recreios para brincar, dinheiro para contratar professores, para humanizar as matérias a serem decoradas e torná-las menos impessoais.
As Elites endinheiradas terão acesso ao Ensino Pessoal e Individualizado, e os restantes, a maioria dos meninos, terão acesso, não a um Computador por casa, mas a um Hi-Pad onde aprenderão o que é a Ciencia Virtual, sem o cheiro das tintas no papel impresso, sem, será que ainda existem..., o cheiro dos museológicos Lápis de Carvão.
Os nossos vidouros serão Armazéns de Informação, sem aquele toque de humanização apenas conseguido e oferecido incondicionalmente, pela Classe Docente, gente humana, de carne e osso, a quem se lhes exige o impossivel, que são tratados como peças obsoletas de antigos computadores.
Minha querida Amiga, esta é a minha singela Homenagem a si, Professora Humanizadora, sempre atenta e preocupada com os seus alunos, como se fossem seus filhotes, sem olhar a Raças, nem Credos, apenas interessada no bem estar de quem tem que aprender, massivamente, mas de forma humanizada!
Abraço deste seu Amigo de sempre
Marcolino
Marcolino a 24 de Junho de 2011 às 08:02

Marcolino.
Como já referi, considero esta profissão uma responsabilidade pessoal e civil.
Sempre a vi assim e agradeço a Deus nunca ter deixado corromper esta visão e esta vocação. E Já passei por muito como professora, acredite-me.
Não sei se todos gostam de mim, mas sei que tentei o meu melhor a cada um dentro das circunstancias que vou tendo..
Espero merecer as palavras que me dirige.
Faço todos os dias por isso :)
Abraço
Marta M

Marta.
Não sou de elogiar sem fundamento, e a Marta tem mostrado, ao longo do tempo que nos descreve, certas situações, duras de roer, que é digna e merecedora, das palavras que lhe dirijo!
Bom fim-de-semana!
Marcolino
Marcolino a 2 de Julho de 2011 às 12:18

Marta, basta olhar para a barra lateral do teu blog e ver as palavras chave das tags que crescem a olhos vistos, para perceber que este espaço é de uma grandeza de sentimentos que chega a intimidar, pela humildade, generosidade e altruísmo que demonstras para com todos aqueles que te rodeiam e fazem parte do teu dia a dia. Os teus meninos, como lhes chamas com tanta ternura, fazem parte desse espaço, muitos deles se vêm aqui, se enquadram neste teu pequeno mundo, onde retratas e partilhas momentos especiais e verdadeiros.

Todos os teus meninos, sejam eles quem forem, sentem um orgulho inifnito na professora que tão carinhosamente fala deles e conta seus feitos, ela que, tão sábiamente e corajosamente enfrenta a saudade de cada dia que com eles passou e recorda os melhores momentos, com a bravura do sucesso, objectivo e aprendizagem conseguida, Teu coração fala sempre mais alto.

Eles vão sim Marta, mas decerto com mais sorrisos no coração...

Beijokas
libel a 24 de Junho de 2011 às 14:43

Libel .
Sabes, penso sempre muito antes de publicar..Não antes descrever , porque faço-os coração,como respiro...
Mas depois guardo em rascunho e deixo amadurecer a ideia e estes meus pensamentos/desabafos em voz alta -digamos assim...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Libel . <BR>Sabes, penso sempre muito antes de publicar..Não antes descrever , porque faço-os coração,como respiro... <BR>Mas depois guardo em rascunho e deixo amadurecer a ideia e estes meus pensamentos/desabafos em voz alta -digamos assim... <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Principalemnte</A> por isso, porque não quero parecer mais do que sou ou porque não quero,como bem referes, "intimidar "ninguém...Nem parecer que existe qualquer julgamento sobre outros ou pretensão, ou querer ser exemplo final, no que escrevo... <BR>Já caminhei um pouco Libel , já distingo bem quem sou, ou pelo menos quem não sou...E se não sou uma série de coisas que sonhei para mim, pois constato que isso -ser professora - é o meu destino. <BR>Cada dia mais me convenço, que isso de ser mãe de muitas crianças está-me na essência.. <BR>Ainda agora, tive que "desligar" uma conversa com uma aluna minha que há mais de uma semana vive uma situação dramática de alcoolismo em casa. Há anos, na verdade. <BR>E mesmo tendo sido minha aluna há quase 2anos , pois não consigo desligar-me..E falamos continuamente. <BR>Hoje especialmente está feliz, porque finalmente concluiu o 7º ano. E eu há dois anos até ajudei à sua reprovação, teve que ser. Mas ela não me esqueceu, nem eu dela. <BR>E poderia estar aqui horas a contar-te casos semelhantes... <BR>Enfim Libel , obrigada por entenderes. <BR>E por me alegrares o dia com as tuas palavras gentis. <BR>Tu sim, tens também um coração grande. :) <BR>Abraço grande <BR>Marta M
Marta M a 2 de Julho de 2011 às 00:52

Libel
Sabes, penso sempre muito antes de publicar.. Não antes descrever , porque faço-o com o coração, como respiro...
Mas depois guardo em rascunho e deixo amadurecer a ideia e estes meus pensamentos/desabafos em voz alta -digamos assim...
Por isso, porque não quero parecer mais do que sou ou porque não quero, como bem referes, "intimidar "ninguém...Nem parecer que existe qualquer julgamento sobre outros ou pretensão, ou querer ser exemplo final, no que escrevo... Já caminhei um pouco Libel , já distingo bem quem sou, ou pelo menos quem não sou...E se não sou uma série de coisas que sonhei para mim, pois constato que isso -ser professora - é o meu destino. Cada dia mais me convenço, que isso de ser mãe de muitas crianças está-me na essência.. Ainda agora, tive que "desligar" uma conversa com uma aluna minha que há mais de uma semana vive uma situação dramática de alcoolismo em casa. Há anos, na verdade. E mesmo tendo sido minha aluna há quase 2 anos , pois não consigo desligar-me..E falamos continuamente. Hoje especialmente está feliz, porque finalmente concluiu o 7º ano. E eu há dois anos até ajudei à sua reprovação, teve que ser. Mas ela não me esqueceu, nem eu dela.
E poderia estar aqui horas a contar-te casos semelhantes...
Enfim Libel , obrigada por entenderes. E por me alegrares o dia com as tuas palavras gentis.
Tu sim, tens também um coração grande e vital :)
Abraço grande
Marta M

Marta M a 2 de Julho de 2011 às 00:56

Minha amiga, nunca são fáceis as despedidas. Mas virão outros no próximo ano e recomeça tudo de novo...
Tenho a certeza que muito faz por todos eles, pois é senhora de um sentimento de justiça muito grande.
Um beijinho grande
Rosinda
Rosinda a 24 de Junho de 2011 às 23:16

Sim Rosinda.
Todos os anos eles se renovam e chegam à minha vida e perecem vir cada vez mais fragilizados e eu sem mãos a medir ...:)
Obrigada por compreender e pela visita.
Bom fim de semana
Abraço
Marta M
Marta M a 2 de Julho de 2011 às 16:56

Olá amiga Marta!

E mais um pouco deste a estes meninos que irão, sem duvida alguma, levar-te no coração, seja qual for o lugar para onde irão.

Beijinhos para ti
Caminhando... a 27 de Junho de 2011 às 16:31

Joana:
E ficam no meu coração amiga e ele a alargar..A alargar...
:)
Bom fim de semana e obrigada pela visita
Abraço
Marta M
Marta M a 2 de Julho de 2011 às 16:58

É engraçado, como aquelas pessoas que nos dão "mais trabalho" são aquelas que nos marcam mais e que nos deixam mais saudades.
Cheguei ontem de ferias e hoje o meu marido perguntou-me "já tens saudades dos teu velhotes?"
A minha resposta foi " Ah, pois tenho, especialmente do Sr. J., da D. F. e da D. A.. precisamente aqueles que me deixam "doida".
A vida de professora, não deve ser nada fácil Deixar as pessoas que durante meses fazem parte da vossa vida. Aquelas a que vocês ajudam a crescer...
Mas a vida é cheia de desafios e cada ano é um novo desafio.
A maneira com escreve, faz-me vê-la como uma pessoas tranquila, segura, daquelas a que costumamos chamar "um doce de pessoa".
Certamente não falho!

Beijinhos
geriatriaaminhavida a 28 de Junho de 2011 às 17:45

Boa noite amiga:
Então mais energizada depois destas férias, algo atribuladas? Pelo que leio, bem partilhadas, com saúde e paz e, portanto, com tudo oque nos faz realmente falta, não é?
Quanto a alargar o coração para permitir acolher todos os que vão chegando à minha vida, pior é algo que os anos nos ensinam.
Mas minha amiga, sei que na sua vida também entram desafios todos os dias e, certamente, em fases da vida muitos mais difíceis em todas as dimensões...
No teu caso, sim, o valor é acrescido e o desafio ,mais exigente-todos os dias.
Por isso, as boas e gentis palavras que me diriges, são-te honestamente devolvidas em dobro ;)
E sem favor nenhum.
Obrigada por te fazeres presente e pela integridade ecarinho que acrescentas às tuas tarefas e à tua profissão.
Boa semana
Abraço grato
Marta M
Marta M a 3 de Julho de 2011 às 21:15

Querida amiga

Por isso que ensinar
nos traz tanta alegria.

Semeamos sonhos
e muitas vezes,
temos tempo
de ver os seus frutos...

Vida plena em teus dias.
aluisio cavalcante jr a 28 de Junho de 2011 às 22:38

Olá Colega :)
SIm, às vezes, conseguimos ver osfrutos..
E isso é tão imensamente compensador, não é?
Obrigada pela tua visita e pelas tuas palavras sempre poéticas
:)
Marta M
Marta M a 4 de Julho de 2011 às 14:45

Olá Marta
Ao ler as tuas palavras, lembrei-me dos missionários, daqueles que vão espalhando, mundo fora, ensinamentos importantes para a construção de muitas vidas.
Sinto que és uma missionária e ao invés de te rebelares contra o facto de todos os anos teres de te despedir, aceitas com o carinho que te é tão peculiar esse facto. Deixas marca e marcas o coração dos teus alunos, mesmo aqueles mais irreverentes e que mais trabalho te deram.
No teu coração ficam gravados os que vão passando por ti...preocupas-te e velas por eles mesmo quando te afastas.
Pelas tuas qualidades talvez o destino queira que percorras muitos caminhos e vás espalhando o que de melhor há em ti.
A escola está silenciosa, convida à reflexão, ao balanço feito com rigor e justiça de mais um ano que termina.
Outros voos te esperam e desejo que sejam suaves e que possas planar serenamente vendo, sorrindo, ensinando, com a serenidade que deixas transparecer nas tuas palavras.

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 30 de Junho de 2011 às 11:26

Assim é, Manu .
É mesmo assim que me sinto e percebo que deve ser assim...Fico em paz....
Sei que provavelmente nunca efectivarei nesta profissão, provavelmente não devo permanecer nas escolas uma vez o trabalho feito...
E procuro dar o melhor de mim, isso é verdade. Também não quer dizer que seja o suficiente, nem o mais acertado sempre, mas sei que venho em paz, com aquela paz que só se alcança depois da tarefa concluída.
Quando há muitos anos me foi feita acarta astrológica, a Flávia M. disse-me que teria de abrir-me ao mundo e a grandes grupos e...de forma continuada. E na altura nem pensava em ser ainda professora ;)
E disse muito mais,mas isso é conversa para duas um dia destes, prometido?
Abraço grato e espero que a tua estadia por aqui tenha corrido bem :)
Marta M

Fiquei contente e ao mesmo tempo surpreendida por teres feito a tua carta com a Flávia.
A minha astróloga como lhe chamo num modo mais intimista, foi aluna dela.
Teve cancro na mama o acaso fez com que na altura conhecesse a Flávia, que lhe começou a fazer Reiki e o certo é que o mal foi debelado. Era funcionária pública, deixou tudo, fez o mestrado em Reiki e tirou o curso de astrologia.
Em tempos fui assídua frequentadora do espaço lindo que tem em Lisboa ..o Quíron, não sei se conheces.
Desculpa este palavreado todo, mas não resisti a tamanha coincidência.
Aguardo ansiosa umas horas de conversa contigo face to face...combinado?

Manu

Sim Manu.
Conheço bem o Quiron e o seu Jardim.
A Flávia e a sua sabedoria e ciência,foram fundamentais na minha vida há muitos anos..Penso que em 96 /97 - mais ou menos.
Ainda tenho a carta que ela e uma colaboradora (de que não consigo ter a certeza, mas seria Alexandra..?) me fizeram.
Já em tempos pensei de lá voltar e fazer uma nova leitura...
Foi uma experiência muito, muito enriquecedora. Marcou.
Gira, mais esta coincidência amiga...
Mais uma para falarmos :)
Até qualquer hora..
Abraço
Marta M
Marta M a 4 de Julho de 2011 às 22:55

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO