Terça-feira, 12 de Outubro de 2010

 

 

Esta foi uma semana foi cheia de novidades. E desafios.

Numa das turmas a meu cuidado foi colocada (em circunstâncias familiares muito complicadas) uma jovem aluna surda-muda e a sua irmã.

Como todos sabem -e, se não sabem, ficam hoje a saber - os professores não têm na sua formação inicial, a preparação técnica para lidar com estas ou outras limitações semelhantes.

E a cada dia, com a escola inclusiva que temos, mais falta nos faz...

E, já agora, penso que saberão, também,que nos faltam técnicos e psicólogos que nos ajudem nas escolas - para não falar em professores - mas isso já é usual!

O governo congela admissões e contratos e nós temos que, no terreno, resolver as múltiplas questão que se nos vão colocando...

A grande questão é que tenho a jovem nas minhas aulas e a única forma de comunicação de que dispomos até ao final do 1º período, é a sua habilidade de leitura dos meus lábios e a ajuda da sua irmã que, estando no mesmo ano e sala, faz a ponte entre ela, os colegas e nós professores.

Passada a primeira semana, não posso dizer que já esteja tranquila com a situação (mais numa turma de 20 alunos que requerem a minha atenção individualizada) mas, de uma forma ou de outra, com o auxílio também da escrita, temos comunicado com certa fluidez.

E a aluna, com aquela sabedoria que as dificuldades vão apurando ao longo dos anos, parece-me razoavelmente integrada.

Mas...

Eu é que não consigo ficar satisfeita com esta situação e, não tivesse eu mais nada com que me ocupar, ainda entendemos no Conselho de Turma ser nossa obrigação tentar aprender um pouco sobre linguagem gestual (portuguesa e outra) cujo alfabeto, entregue por uma colega, reproduzo acima.

Eu tenho a obrigação profissional e pessoal de fazer chegar a minha mensagem a esta aluna e, aprender a linguagem gestual, é algo que há muitos anos desejo fazer.

Agora a vida colocou-me nesta situação e disponho-me a responder a ela.

Há de fazer-me bem aos neurónios.

Não dizem os estudos científicos que a melhor prevenção para o Alzheimer é a aprendizagem de uma nova língua?

Estou em boa idade para tomar certas precauções ;)

Vou dando feedback!

 

E ainda:

Viva o espírito humano,  a sua  capacidade de ser solidário e

 de fazer-nos chorar de alegria!!



publicado por Marta M às 20:06
Olá, Marta!
Louvo-a por ser tão capaz...!!!
Abraço
Marcolino
Marcolino a 13 de Outubro de 2010 às 12:43

Marcolino:
Agradeço. Mas não faço ideia se sou capaz.
Vamos todos tentar na turma.
Por enquanto é apenas boa vontade.
E somos muitos professores a fazê-lo ao longo do pais, acredite-me.
Muitas escolas funcionam nesta base :)
Abraço
Marta M
Marta M a 19 de Outubro de 2010 às 12:27

Bom dia Marta!
Sei, muitissimo bem, avaliar os vossos esforços, por falta de condições, porque fui casado com uma professora, durante 31 anos, em que desabafava comigo, as dificuldades sentidas, à época, nas quais se inseriam, os mesmissimos problemas, ainda existentes, nos dias de hoje.
Resultado: Saturou-se profissionalmente e, consequentemente, familiarmente!
Os pais dos alunos não sabem destes dramas, cada vez mais em voga, mas mesmo que soubessem deles jamais seriam capazes de os avaliar, porque o ma´l dos outros não lhes toca pela porta...!
Tratam a classe do professorado como se fôssem «mulheres-a-dias», a quem se exige o máximo pelo minimo custo...!!!
Abraço
Marcolino
Marcolino a 20 de Outubro de 2010 às 07:39

É um grande desafio ensinar a estas crianças tão especiais. Espero que consigas a formação que achas que necessitas para a acompanhar, sendo que concordo que ela devia ser acompanhada por alguém melhor formado e mais experiente em educação especial... Mas penso que conseguirás superar este desafio e proporcionar-lhe uma boa educação.
Bjns
cuidandodemim a 13 de Outubro de 2010 às 13:16

Olá Amiga:
É de facto um enorme desafio. Mas não se trata de nenhuma atitude especial da minha parte.
Faz parte de ser professora.
Estas alunas vieram a meio do primeiro período, em circunstâncias muito delicadas e são de etnia cigana...
A situação a caiu-nos no colo e, perante cortes orçamentais quase insuportáveis, temos que integrar já, seja como for.
Se vier o técnico , melhor, claro.
Mas é preciso gerir o dia de hoje..
Não é nada de muito novo na minha vida de professora.
Nem é nada de extraordinário, entendes?
Marta M a 19 de Outubro de 2010 às 14:09

E FALTOU o abraço
:)
Marta M a 19 de Outubro de 2010 às 14:10

Não deve ser nada fácil essa situação.
Mas o facto de aprenderem linguagem gestual não só é bom para a aluno como par a vocês professores.
E sim, dizem que pender uma nova língua previne o aparecimento do Alzheimer. Alem do mais eu não necessito mais ninguém com esse problema na Instituição onde estou!
São pessoas muito complicadas, ufa!
Beijinhos e boa aprendizagem
geriatriaaminhavida a 13 de Outubro de 2010 às 17:58

Olá!
E eu não quero ir pesar-te lá, acredita-me!
Há de ser muito difícilcuidar e assistir, eu sei.
;)
Abraço grande
Marta M
Marta M a 19 de Outubro de 2010 às 18:44

A Marta é um ser humano fantástico! E como seria de prever isso faz da senhora uma excelente professora. Parabéns!

Um grande beijinho.
Rosinda a 14 de Outubro de 2010 às 21:13

Rosinda:
Excelente, não serei..
Nem há quota :)
Mas empenhada e preocupada, sim,muito.
No restante vou fazendo que posso.
E nem sempre resulta, claro.
Mas continuo a tentar
Obrigada pelas cantivantes e boas palavras.
Abraço grande
Marta M
Marta M a 20 de Outubro de 2010 às 21:17

Querida amiga.

Depois de alguns dias de distância
estamos voltando ao convívio dos
amigos que aprendemos a gostar.
Obrigado pela amizade
e pelas palavras
que tornam a nossa vida
mais bonita.

Sua amizade é preciosa para mim.
aluisio a 16 de Outubro de 2010 às 23:35

Aluísio:
Eu é que tenho que lhe endereçar palavras de agradecimento pela visita,
pela solidariedade e pela simpatia.
Abraço
:)
Marta M
Marta M a 20 de Outubro de 2010 às 21:18

Amiga Marta,

Li-te e mais uma vez fiquei com um sorriso estampado no rosto. Tens mesmo um lindissimo coração e farás com toda a certeza o teu melhor para transmitires o máximo que puderes a essa criança!

Bem hajas
Um abraço bem aconhegado
Caminhando... a 17 de Outubro de 2010 às 22:06

Joana:
Obrigada amiga.
Mas isto é mesmo a nossa vida ao escolher esta profissão.
De coração te digo que considero este tipo de esforço algo que faz parte do conteúdo funcional desta profissão.
Faço-o naturalmente com gosto.
E já agora, acrescento que não tem sido fácil ;)
Abraço
Marta M
Nota: AInda bem que te faço sorrir!
Marta M a 20 de Outubro de 2010 às 21:20

Olá Marta
tenho um miminho no meu blog, se tiver curiosa dê um espreitadela.
Beijitos
geriatriaaminhavida a 19 de Outubro de 2010 às 22:02

Olá Marta
Estou de volta e finalmente vou podendo ler mais um dos teus desafios.
Este trouxe-me á lembrança a polivalência dos professores que se recusam a acomodar-se e que levam a sério a arte de educar.
Notável essa tua força, certamente o "alemão" não vai querer nada contigo.

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 19 de Outubro de 2010 às 22:34

Manu:
Benvinda sejas e, pelas fotografias, já constatei que bastante radiosa e revigorada
:)
Bom de ver.
A minha força, bem... nem sempre a tenho na medida em que preciso...
Hoje o dia foi especialmente exigente na escola e nem tudo correu bem..Mas não desisto e, amanhã, já estou em campo outra vez.
E se calhar, ainda não é amanhã que "cativo"um aluno particularmente difícil..
Ando a precisar de tomar uns fortificantes!
Abraço grande
Marta M.
Marta M a 20 de Outubro de 2010 às 21:25

Olá Boa e linda Professora
Daqui o meu aplauso ao seu exemplo de batalhar nessas dificeis circunstâncias de meios, onde se vislumbra o traçar de um caminho de dificuldades, ao mesmo tempo com uma fé espantosa de poder levar a bom porto o êxito dessa sua aluna.
È nesse espírito que toda a comunidade, nos mais diversos quadrantes se devia movimentar, a começar pelos governantes.
A uma sociedade com esses principios seria seguramente mais próspera e humana, que aquela onde vivemos.
Obrigado pela lição!
Um abraço
J/severino
severino a 20 de Outubro de 2010 às 11:11

Severino:
Desde sempre procurei ser um exemplo no cumprimento das minhas obrigações, particularmente para os meus filhos.
E mantenho o esforço, memo quando os meus 49Kg já começam a "ranger" :)
Mas são apenas tentativas, percebe?
Nem sempre consigo concretizar na totalidade todos os projectos com pena minha...
Se tenho algum mérito é por não desistir do que considero acertado.
No mais, faço apenas o possível.
Acredito que terá feito também a sua parte imensas vezes!
Abraço e obrigada pela visita.
Marta M
Marta M a 20 de Outubro de 2010 às 21:31

Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em seu blog que bom!
allungare il pene a 29 de Outubro de 2010 às 13:08

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
29
30



Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO