Quinta-feira, 19 de Julho de 2012

E apenas um cerebro e um coração...

E inúmeras aprendizagens, pessoas e acontecimentos recentes a integrar, a processar...

É evidente que se nota que, para além do trabalho, existem outras razões para esta ausência inusual.

Estou a tentar acelerar o processo, mas ele parece ter vida própria e requisita-me em exclusividade. Devo dar-lhe agora a devida atenção, para voltar depois por aqui com as aprendizagens integradas e a criatividade renovada.

Como sempre, os poetas explicam melhor:    

"Tenho apenas duas mão e todos os sentimentos do Mundo"

Carlos Drummond de Andrade.

                                                                  

 

Nota: Ando sempre por aqui, apesar de mais silenciosa ;)



publicado por Marta M às 20:05
Sábado, 07 de Julho de 2012

 

Entre tarefas e tarefas úteis e menos úteis mas incontornáveis, cá ando um pouco cansada e sem tempo de qualidade para este meu cantinho e para os amigos que tanto prezo.

Não que não os acompanhe, leio-vos com o interesse de sempre, mas sem a capacidade de vos comentar como merecem...

Esta semana tem sido pesadinha e não faltam actas ou relatórios de pura burocracia, mais agora que a escola se agregou com outra Secundária e há que transferir toneladas de responsabilidades e de dossiers.

Enfim, nos intervalos para além de ler e de vos ler, vou tentando interpretar a pouca-vergonha que inexplicavelmente vão grassando por este país.

Seremos mesmo, como afirmava Torga: "o país pacífico de um povo revoltado"??

Os episódios que se acumulam relacionados com a forma, digamos claramente, "trapaceira" com o Ministro Miguel Relvas conseguiu (?) a sua licenciatura é algo que não acabo de encaixar. Mais quando nesta semana, animo constantemente a minha filha, em plena fase de exames finais para a  conclusão do curso de Direito, após 5 longos anos de trabalho árduo.

E falo-lhe de como o seu esforço será reconhecido....

Falo, pois...Mas ela e outros, conhecedores das notícias que tardam a ter uma consequência e punição exemplares, acreditam?

Será que esta ficção, exemplarmente cantada pelo intemporal Chico Buarque de Holanda, é mesmo a única realidade possível?

Apesar de tudo, recuso acreditar que  esta é a única resposta para o país...

Ouçam a letra com atenção, vale a pena.



publicado por Marta M às 17:37
Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
subscrever feeds
blogs SAPO