Sábado, 17 de Abril de 2010

(Imagem perfeita - Aqui)

 

Quando a conheci já sabia que ia entregar a minha filha (na altura até por um mês, os meus dois filhos) ao seu cuidado e critério.

Eu estava apreensiva (como em todas as situações em que tive que entregar os meus filhos ao cuidado de alguém - sempre fui muito excessiva nesse ponto...) e ela..sorria.

E continuou a sorrir, sempre que estivemos juntas, nestes últimos 20 anos, apesar de tudo e das "montanhas" que lhe caíram em cima.

Existe exemplo de coragem e espírito positvo maiores do que o da Isabel? Acredito que sim, existirão outros, mas a esta vida e à forma digna como viveu e suportou a doença que a ameaçava há quase 10 anos, eu assisti e dou testemunho.

Anteontem a Isabel partiu, deixando em todos uma sensação de perda em tantos domínios que este post e a minha capacidade de descrever não farão certamente justiça.

O colégio voltou a reunir-se, alunos, ex-alunos, pais e avós  juntaram-se (e reencontraram-se após distâncias de anos) para se despedirem dela. E unanimemente falou-se da sua vida e de como a Isabel marcara e criara laços com todas as crianças (e pais) que passaram pela sua mão.

Os meus filhos (e acredito que muitos outros jovens que lá estiveram também) assistiram ontem ao seu primeiro funeral e isso marcou-os e fê-los pensar e...crescer.

A condição humana e o  fim de ciclo da nossa vida, é algo a que temos que nos ir habituando e dando sentido desde muito jovens, infelizmente.

Ontem não consegui ir ao seu funeral, não havia quem me substituísse na escola, numa 6ªf, tão em cima da hora... Mas estive com ela no meu coração todo o dia e partilhei-o com os meus alunos e colegas...E hoje aqui com os meus amigos.

A Isabel era vital, responsável, positiva e sempre (não exagero) bem disposta. E tinha todas as razões e desculpas para não o ser.

Mas era, e nas conversas que fomos tendo ao longo de anos, sempre se mostrou aberta e generosa para com todos e com a vida, mesmo quando ela não lhe retribuía toda a sua entrega...

Quando lhe confiei os meus dois "tesouros" não conseguia afastar-me do colégio, primeiro sentei-me na escada junto à porta da sala da minha filha (ela, pequenina e assustada, de vez em quando, vinha verificar se eu lá esta, e claro, eu estava!) e depois no carro, olhando para o colégio e pensado se seria seguro ir trabalhar...

A Isabel com a sua imensa sensibilidade apercebeu-me muito cedo desta nossa "dificuldade", e com aquele seu jeito alegre e compreensivo, a cada dia fazia questão de  relatar (detalhadamente) a evolução e a integração da minha filha:

- "Olhe, fique descansada, hoje a M. (usando desde cedo o diminutivo familiar da minha filha) já se chegou a mim e encostou-se às minhas pernas!"

E passadas duas semanas.

                         -" Hoje a M. quando eu estava sentada a contar a história da manhã, levantou o bracinho e abraçou-me pelo ombro"

Ela sabia como estas palavras me eram preciosas e tranquilizadoras.

Tenho uma dívida de gratidão para com a Isabel que não conseguirei nunca pagar, apenas posso falar do privilégio que foi conhecê-la, lidar com ela, e ter certeza que a minha filha não podia ter estado em melhores mãos. Nem tido melhor exemplo.

Tenho a certeza que a Isabel, onde estiver, é uma luz grande e brilhante, tal como sempre se mostrou nas festas do colégio, animando a todos, ensaiando coreografias de dança e ballet ou vestida de Pai Natal...

Por tudo e tanto, descansa em paz querida Isabel, a tua vida teve muito significado, tocou-nos a muitos, e tornou este mundo um lugar melhor.

Que mais se pode pedir?

Bem-Haja à vida por pessoas como ela.

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Nota curiosa:

A imagem apareceu-me na pesquisa do google em "educadoras" e, por uma daquelas coincidências inexplicáveis, surge esta imagem. A bata, o nome e até as feições, parecem-se incrivelmente com a Isabel....

 



publicado por Marta M às 18:31
Comoveu-me muito o que está escrito aqui... nem lhe vou chamar post, parece-me inadequado. é uma homenagem a uma mulher que pela descrição era um ser humano lindo. A morte, que devámos aceitar com naturalidade, é para mim uma coisa terrivel.
Beijinhos
Rosinda a 17 de Abril de 2010 às 20:38

Ola Rosinda:
Obrigada pelo elogio ao texto, mas quem o merece é mesmo a Isabel. Ela sim, era especial.
Abraço e boa Semana para ti.
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:08

Olá Marta

É sempre comovente e toca sempre os nossos corações, quando vemos partir alguém com quem partilhámos a nossa vida e que a marcou de forma positiva.
A Isabel deixou marcas que farão com que a recordem na sua passagem por este mundo terreno. Veio cumprir a missão que lhe estava destinada; pelo que li, fê-lo da melhor forma e certamente não lhe será tão difícil viver a próxima reencarnação, caso ainda não tenha atingido a perfeição.
Mais uma estrela brilhará no firmamento e iluminará o caminho de todos os que amou e cuidou aqui na terra.
Passada a fase inicial da tristeza da partida partilhada por todos, chegará o dia em que serão capazes de dizer:- Obrigada Isabel por teres feito parte das nossas vidas, estejas onde estiveres , não nos esqueceremos dos teus sorrisos.

Marta ...a Isabel sentir-se-ia orgulhosa de ti se lesse esta bonita homenagem que aqui lhe deixaste.

Bejos
Manu
Existe um Olhar a 17 de Abril de 2010 às 21:24

Manu:
Há muitos anos que tenho a noção do privilégio que foi conhecer a Isabel e entregar ao seu cuidado a minha filha.
A vida dela, a sua alegria e permanente aposta na vida é para celebrar, e orgulhar os filhos.
Embora o seu sofrimento tenha custado muito a assitir...
Dar-lhe sentido é tarefa difícil...
Obrigada.
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:11

Não há palavras nestye caso. Ficam os actos de uma alma qu soube tocar aqueles com quem privou. Que descanse em paz bonita homenagem. Um beijinho.
Sindarin a 17 de Abril de 2010 às 22:24

Sindarin:
Que descanse em paz, é o meu desejo mais profundo e seria de toda a justiça no seu caso.
Espero que esteja num lugar melhor que este...
Obrigada.
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:12

Querida Marta!
Comovente esta tua homenagem.

O conforto que ela deixou no coração de todos voçes ninguem o tirará! Ficará para sempre imortalizada nos vossos corações e almas!

Um abraço com muito carinho e amizade por ti!
Caminhando... a 17 de Abril de 2010 às 22:43

Joana:
Há muitos anos que ela morava no meu coração, nada mudará...
Apenas o sentimento será mais fundo...
Obrigada por te fazeres presente e pelos mails tão interessantes que me endereças.
Abraço apertado.
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:14

Só para te deixar um abraço amigo.
descobrirafelicidade a 17 de Abril de 2010 às 23:46

Teresa:
E que bem me sabe.
Obrigada.
Abraço amigo
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:14

Olá, Marta!

Belo elogio, a quem confiou, pela primeira vez, seus dois filhos!

Abraço,

Marcolino
Marcolino a 18 de Abril de 2010 às 01:28

E fiquei aquém do tanto que ela merecia.
A Isabel era mesmo uma num milhão...Ainda bem que apareceu na nossa vida.
Abraço
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:15

Marta,
Há pessoas assim... que nos marcam!
Ainda bem que a Isabel existiu na tua vida e da tua filha...
Beijo,
Nucha
Nucha a 19 de Abril de 2010 às 15:48

Nucha:
Ainda bem, mil vezes!
Conseguiu descansar este coração dejovem mãe, e olha que eu não era fácil de confiar em alguém...
Agradeço a Deus por ela.
E envio um abraço para ti, com votos de que tudo se esteja a encaminhar para a normalidade.
;)
Marta M
Marta M a 20 de Abril de 2010 às 18:17

pessoas assim sao sempre recordadas com um sorriso...
Loira a 21 de Abril de 2010 às 15:57

Olá!
Desculpa-me a demora, mas a minha vida anda impossível...
E sim tens razão, dentro de algum tempo, a Isabel sera sempre recordada com um sorriso.
Mas há que deixar o tempo fazer o seu papel, porque hoje por hoje, há ainda um misto de pena e...revolta.
Abraço
Marta M
Marta M a 27 de Abril de 2010 às 18:43

----Boa noite Dra. Marta.
----Não não, não me esqueci. Cá estou outra vez.
----Faltam-nos sempre as palavras nesta situações. Penso que todos concordam. Contudo, a SI, Dra. Marta, nunca Lhe faltam as palavras certas para o momento adequado, embora bastante difícil. Impressiona. ----Pelo que descreve, teria sido mesmo uma GRANDE SENHORA. Ainda bem que ainda se encontram pessoas assim e por isso a perda é ainda maior. Espero que tenha sido capaz de lhe transmitir, antes de ter partido, essa opinião. Teria sido bastante compensador para Ela.
-----Cá vão os meus desejos de que tudo Lhe corra pelo melhor.
-----Não a esquecerei.
Joaquim Rodrigues a 23 de Abril de 2010 às 00:30

Boa Tarde Sr. Joaquim:
É sempre muito bom vê-lo por aqui ;)
Atrasei-me um pouco a reponder-lhe, porque os dias foram especialmente difíceis com tantas coisas a acontecerem ao mesmo tempo...
Agradeço-lhe, mais uma vez as boas palavras e a sua presença e acompanhamento deste blog que, para mim, já se tornou "terapêutico", sendo uma sala onde recebo, com imenso gosto, os amigos ;)
A Isabel era de facto alguém especial, foi (e é), alguém a quem devo muito - e nunca o esquecerei.
A pequena homenagem que lhe fiz, sei que foi apenas um das muitas que nestes dias recebeu. Daí se percebe a sua dimensão humana...
Se lhe disse que a estimava e que lhe agradecia todos o carinho dispensado aos meus filhos? Inúmeras vezes, mesmo antes dela ter ficado doente.
Ainda na última vez que falámos há uns meses, lembrámos esses tempos.Ela sempre soube como foi (e é) importante para nós.

Acredito que só pode estar rodeada de luz. Se alguém o merece,é ela.
Abraço e até qualquer dia ;)

Marta M
Marta M a 27 de Abril de 2010 às 18:40

Vejo o mundo, somo o que me acontece, vejo os outros, as minhas circunstâncias....Escolho caminhos e vou tentando ver o "lugar" dos outros
Afinal quem penso que sou..
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


Aviso:
As imagens que ilustram alguns posts resultam de pesquisas no google, se existir algum direito sobre elas, por favor,faça-me saber. Obrigada.
Lugares que Também visito ;)
http://optimismoemconstrucao.blogspot.com/ http://joaodelicadosj.blogspot.com/ http://theosfera.blogs.sapo.pt/
pesquisar neste blog
 
Contador de visitas ...
E neste planeta...

contador gratis
blogs SAPO